destaque destaque destaque
Contato

 

ESTILO EM MEIO A NATUREZA

 

Circular pela Casacor SP deste ano, dá ao publico a sensação do aconchego e principalmente o encontro com a natureza, representados nos 82 ambientes da mostra, que enfatizam o relaxamento e bem estar.

A fuga da vida acelerada das grandes cidades é a proposta da maioria das ambientações, onde os detalhes, a leveza, conforto e elegância de cada espaço enchem os olhos, provocando encantamento, seja no contato íntimo com a natureza viva preservada do Jockey Club de São Paulo ou com a forte presença dos elementos naturais dos materiais de decoração.

 

O grande desafio para os profissionias desta edição, foi deixar a tecnologia, principalmente a de automação, em segundo plano, para que a natureza se sobressaísse nos projetos.

 

Seja no design mais bem elaborado, nas referências artísticas, intervenções elegantes, construções secas ou apenas no ponto de vista sobre o tema “A Casa Viva”, há nos espaços criados, uma desconexão máxima da nossa agitada vida urbana, trazendo efetivamente a natureza de volta ao nosso convívio e dentro dos projetos para as casas contemporâneas.

 

O Revest In Cena mostra para você, algumas das novidades e o que é tendência para o décor.

 

Le Riad Bontempo -  Roberto Migotto

 

Bom gosto, elegância e sofisticação não são novidades no trabalho inquestionável do arquiteto Roberto Migotto, que em sua 21ª participação na mostra (incluindo a edição internacional em Miami), leva o requinte a um patamar elevadíssimo, em um ambiente de 600 m², repleto de referências étnicas da cultura marroquina.

 

 

          Foto Revest In Cena

 

"A ideia era construir uma espécie de oásis em meio à agitação de uma megalópole ocidental, permeado por grandes referências da arquitetura marroquina, sempre ressaltando a qualidade e o desenho quase artesanal da Bontempo", afirmou Migotto.

 

 

          Foto Revest In Cena

 

Quase uma miragem na mostra, o Le Riad se ergue como um marco, evocando as tradicionais construções do país africano que já inspiraram clássicos do cinema como "Casablanca" (1942), Gladiador (2000), cenário da série de sucesso Games of Thrones (2011) e personalidades como o estilista Yves Saint Laurent.

 

 

           Foto Revest In Cena

 

Texturas, Padrões cores, aromas, mobiliário luxuoso e muxarabis são usados com maestria, em desenhos diversos e em total harmonia. O resultado é um espaço espetacular.

 

 

          Detalhe da reprodução de Muxarabis - Painel Bontempo

 

 

          Detalhe do tecido utilizado nas paredes do dormitório

 

Casa Cosentino - Débora Aguiar

 

Inspirada na contemplação dos quatro elementos da natureza, a arquiteta Débora Aguiar volta a participar da mostra, assinando a Casa Cosentino, uma residência urbana de 1.100 m², para um casal antenado, viajado e amante das artes, que tem como proposta levar a natureza de fora para dentro dos espaços, sem fronteiras entre o in e o out.

 

          Hall de entrada - Foto Revest In Cena

 

Seguindo o tema deste ano – “A Casa Viva” –, o ambiente é um refúgio sofisticado e exuberante e conta com os principais revestimentos de alta performance da Cosentino e mobiliários planejados da SCA. Todos os espaços contam com a presença de vegetação natural a exemplo deste jardim vertical, inserido no banheiro da suíte.

 

 

          Detalhe do Silestone® Eternal Calacatta Gold -  Foto Revest In Cena

 

Projetada para ser uma casa completa, é composta por um hall de entrada e social, suíte máster com closet e banheiro, home theater, espaço gourmet, sala de jantar, área de aperitivo com lareira e living.

 

 

          Painel em couro - Crezildo revestimentos Especiais

 

Na área externa, um grandioso jardim com piscina, terraço com lareira ao ar livre, gazebo fitness e lounges de descanso e contemplação. Tudo é integrado e permite tanto a convivência como também a privacidade.

 

“Toda a circulação e integração dos espaços estão voltados para o jardim, favorecendo muito a luz natural abundante e levando o verde pra dentro dos ambientes. Essa transparência junto à natureza é o que busco em meus projetos para trazer aconchego e bem-estar”, diz a arquiteta.

 

 

          Área externa - Foto Revest In Cena

 

Na sala de jantar uma mesa de madeira de cinco metros e aparadores da Artefacto estão aliados à composição dos 30 pendentes do designer Ingo Maurer, compondo o espaço de forma escultórica. Além disso, uma adega desenvolvida pela SCA com retro iluminação em uma pedra translúcida destaca os suportes para as garrafas.

 

 

          Detalhe da pedra translucida - Foto Revest In Cena

 

Um ambiente que prega a integração dos espaços, sem compartimentos, um incentivo ao convívio familiar e que tira proveito da natureza que o cerca. Fantástico!

 

Villa Olivo Todeschini - João Armentano

 

A luminosidade natural e ventilação abundantes atravessam os 320 m² do espaço, onde o arquiteto João Armentano nos convida à apreciação da mescla entre o antigo e o novo.

 

 

 

Com arquitetura minimalista e pouca interferência física, o espaço chama a atenção pela integração sutil dos seus ambientes e a amplitude dos mesmo como um todo. Assim, estruturas leves e não inteiriças configuram espaços fechados e abertos, ao mesmo tempo, que personalizados dentro de suas propostas e funções.

 

 

 

“Antigamente o luxo era o rococó, o ouro, era a demonstração de poder, hoje em dia não! E, não é só aqui no Brasil, percebemos também em outros lugares, como Tóquio, Milão e Toronto, etc., que o resgate de elementos naturais estão cada vez mais presentes na arquitetura. Exemplo: o emprego da madeira, de fibras naturais, de pedras naturais, a condição de energizar um ambiente com grandes aberturas tornam um ambiente ainda mais acolhedor”, explica João Armentano.

 

 

          Foto Revest In Cena

 

Em toda a dimensão, peças de design contemporâneo, como do designer Jader Almeida, foram harmonizadas às relíquias garimpadas em antiquários, tudo para mostrar uma casa viva cheia de personalidade.

 

          Foto Revest In Cena

 

Propondo uma interação entre o jardim e a casa, o paisagismo de Daniel Nunes adentra praticamente todo o ambiente. Na sala, por meio de portas pivotantes de vidro, do piso ao teto, e dos brises recortados, a grande protagonista do jardim, é uma oliveira de 300 anos, trazida do Uruguai.

 

 

          Foto Revest In Cena

 

Uma casa em formato de ferradura, pensando o lar como um espaço de reconexão e equilíbrio. Sensacional!

 

 

          Foto Revest In Cena

 

Boutique Residence 218 - Flavia Gerab e Silvana Mattar

 

O espaço Boutique Residence de 80 m², projetado pelas arquitetas Flávia Gerab e Silvana Mattar para a CASACOR SP, é moderno, contemporâneo e com ar retrô autêntico, criado para receber clientes de residenciais Upscale. "O conceito é justamente de um espaço que traduz o novo jeito de hospedagem voltado aos Long Stay de luxo”, revela Silvana Mattar.

 

 

          Foto Ricardo Bassetti

 

Inspirado num investidor do mercado imobiliário, a proposta sugere uma experiência única e particular sobre morar, envolvendo primeiramente, a possibilidade de armazenar de forma simples e organizada todos os pertences do morador. O apartamento dos sonhos aos que levam uma vida dinâmica e corrida.

 

 

          Detalhe do painel de marcenaria em Lacca

 

O design é o ponto forte do projeto, assim como os revestimentos que vão desde a cozinha até o banho máster. Na fachada, o destaque fica por conta dos charmosos tijolinhos aparentes, criando uma atmosfera cosmopolita.

 

 

          Detalhe do tijolinho Anticatto Granulatto Fendi - Lepri Finas Cerâmicas Rústicas

 

Logo na entrada, a cozinha chama a atenção pelo granito exótico Negro Indiano da Cosentino (Espirito Santo) e leva o processo de impermeabilização com Sensa, que veda qualquer poro e impede manchas. O piso de peroba de demolição e a palha trançada (Elisa Atheniense) do Biombo e da cabeceira do quarto criam aconchego e estes revestimentos representam a grandeza dos materiais nobres brasileiros.

 

 

          Detalhe do Negro Indiano da Cosentino

 

Casa Raízes - Triplex Arquitetura

 

Em comemoração aos 10 anos de existencia do escritporio Triplex Arquitetura, Adriana A. Helú Hawilla, Carolina Oliveira e Marina Torre Lobo, em sua terceira participação na Casacor, assinam a Casa Raizes, um refúgio de 115 m² para uma mulher moderna que resgata a forma de morar simples, valorizando o que é realmente necessário.

 

 

          Foto Felipe Araujo

 

“Nesse espaço é onde nos encontramos por inteiro, um resgate da forma simples de viver, valorizando a estética das peças, onde o bruto, o natural e o rústico convivem em perfeita harmonia, com peças de design assinado, peças garimpadas e de antiquários, obras de arte e mobiliário importado”, sintetiza Adriana A. Helú Hawilla.

O clima é de uma cabana contemporânea e árida onde há uma integração dos ambientes internos e externos que permite a exploração da luz e da ventilação natural.

 

 

          Foto Felipe Araujo

 

No teto, vigas de eucalipto da Hydrotech, sustentam as placas tramadas manualmente fio a fio, criando um desenho geométrico, da Nani Chinellatto.

No piso, madeira de carvalho europeu e portas pivotantes, ambos da Hydrotech e tapete de fibra de juta, 100% biodegradável, reciclável e eco-friendly, da Galeria Hathi.

 

 

          Foto Revest In Cena

 

A rusticidade dos materiais, como as pedras naturais aplicadas nas paredes e no piso de entrada, trazem ao ambiente uma atmosfera de bem-estar, aconchego e descontração.

 

 

          Detalhe da parede com pedras naturais - Pedras Bellas Artes

 

 

          Detalhe do piso em pedra natural Pavestone - Lantai

 

O Templo - Coworking - Fernando Brandão e Camila Bevilacqua

 

Este ano, a Casacor SP tem um espaço publico oficial para reuniões, encontros, bate papos e até para uma pausa do circuito. O ambiente de 160 m², assinado por Fernando Brandão e Camila Bevilacqua, tem tons predominantes em terracota, trazendo muita energia, afetuosidade e conforto.

 

 

          Foto Ary Diesendruck

 

A tonalidade aparece em mobiliário, luminárias e principalmente nas paredes que são revestidas com a cor Mamão Moderno do catálogo da Coral 34YR 23/583.

 

 

 

Para o piso do espaço, a dupla utilizou um piso vinílico com nuances de cinza escuro e cinza claro e carpetes nas laterais, ambos da Tarkett.

 

 

          Foto Ary Diesendruck

 

A Casa da Árvore Renault - Suíte Arquitetos

 

Inspirada na flora e fauna, suas riquezas naturais, como pedras brutas e texturas rústicas, Carolina Mauro, Daniela Frugiuele e Filipe Troncon, da Suite Arquitetos, apresentam uma casa completa em todos os sentidos, repleta de identidade brasileira.

 

 

          Foto Ricardo Bassetti

 

“Evidenciamos as raízes brasileiras, destacando os materiais naturais e os tons terrosos, alinhados à contemporaneidade e o morar cosmopolita”, exemplifica Troncon. O ambiente, que compreende uma generosa área de 280m², enfatiza a integração da arquitetura interior com o espaço exterior da casa, envolta na temática da natureza, que reverbera para a decoração da casa e mobiliário.

 

 

          Foto Ricardo Bassetti

 

Um imponente Flamboyant incorporado à área de estar, ganha destaque ao transpor o pé direito da casa. É a árvore que, a partir das cores do tronco e da verde copa, estabelece o tom da paleta de cores reinantes na decoração. “Os matizes dos frutos brasileiros, como as ricas nuances do marrom, a cor do cacau, o avermelhado do caju, a amarelo vivo da manga, além de explorarmos as tonalidades âmbar, ferrugem e o laranja, serviram como mood de inspiração para o desenvolvimento da produção de todo o projeto, sem perder o foco no minimalismo aconchegante”, conta Daniela Frugiuele.

 

 

          Foto Ricardo Bassetti

 

Os elementos naturais ganham mais destaque na cozinha a partir do uso elementar de uma pedra Sabão, extraída de Minas Gerais e fornecida pela Pagliotto, que pelas mãos dos profissionais da Suite Arquitetos, ganha a função de bancada dentro do espaço.

 

 

          Foto Ricardo Bassetti

 

O quarto, apresenta uma configuração desconstruída com o painel de marcenaria em muxarabi, causando a impressão de dissolução à medida que os pequenos quadradinhos revelam a paisagem do jardim por trás do espaço.

 

 

          Detalhe do Muxarabis em marcenaria

 

O efeito degradê também pode ser visto no revestimento de parede do quarto, da empresa Branco Papel de Parede, e que percorre toda a extensão do banheiro, localizado na área externa da casa. “Fizemos algo despojado e ao mesmo tempo conceitual no banheiro – jardim, árvores, pedra bruta e ausência de teto no box, concretizam nossa ideia de casa de banho ao ar livre”, explica Troncon.

 

 

          Detalhe do papel de parede - Branco Papel de Parede

 

Continue acompanhando as matérias sobre a Casacor SP e não deixe de ler as outras matérias disponíveis aqui no portal.

 

 Curta nossa página no facebook 

 

Siga o instagram @revestincena

 

Se inscreva em nosso canal no Youtube 

  Pag 1/89