destaque destaque destaque
Contato

 

Unanimidade entre arquitetos, designer de interiores e decoradores, as pastilhas estão acima de qualquer modismo. Na Grécia antiga, as ruas eram calçadas com seixos, já no império romano, as termas, templos, lojas e casas eram revestidas com mosaicos de mármores e pedras semipreciosas. O ápice por excelência, se concretizou no império Bizantino, com suas famosas imagens religiosas contendo tesselas de vidro e ouro. No Brasil, o uso das pastilhas como revestimento, está presente desde 1930, acompanhando por exemplo, as formas onduladas da arquitetura modernista, revestindo pisos, colunas, fachadas e compondo belíssimos murais.

 

 

          Mural Modernista por Paulo Werneck - Foto O Globo

 

Além de diferentes cores e formatos, as pastilhas são fabricadas a partir de uma multiplicidade de materiais, as mais comuns são de vidro, cerâmica e porcelana, porém existem peças fabricadas em granito, aço inox, espelho, mármore e até materiais orgânicos reciclados como bambu, coco, plástico e madeira. O fato é que as pastilhas sempre dão certo quando o assunto é construção ou reforma, seja pela beleza do material ou pelo seu primoroso acabamento, esse tipo de revestimento jamais sairá de moda.

 

 

          1- pastilhas de coco / 2 - pastilhas de vidro / 3 - pastilhas de pedra ferro / 4 - pastilhas cerâmicas / 5 - pastilhas de madeira / 6 - pastilhas em pedra natural

 

Com o crescimento do mercado consumidor, os fabricantes investiram em tecnologia, na criação e produção de pastilhas dos mais diversos formatos, cores e materiais. Efeitos inusitados como bolhas, incrustação de cristais, texturas metalizadas, em sistemas autocolantes, além de charme, as pastilhas oferecem total versatilidade para revestir qualquer superfície, inclusive nas côncavas ou convexas.

 

 

          Pastilhas resinadas autocolantes TACdecor

 

É muito comum que os profissionais especifiquem as pastilhas em seus projetos, tanto nas áreas internas como externas (piscinas, fachadas, banheiros, cozinhas, etc), pois elas possuem um forte apelo decorativo, são fáceis de limpar e inserem aos ambientes, toques sofisticados e muita personalidade.

 

 

          Área Gourmet - Projeto Carol Cantelli

 

 

          Instituto Chefs Especiais - Arquiteta Marí Aní Oglouyan - Vidrotil Mosaicos

 

 

          Piscina revestida com pastilhas cerâmicas da Atlas - Projeto Paula Leme

 

Seja dentro ou fora da casa, em ambientes secos ou molhados, deixe a sua criatividade aflorar e abuse do bom gosto, existem inúmeras opções no mercado e lembrem-se: as pastilhas são revestimentos bonitos e resistentes, que podem ser utilizados tanto no piso quanto nas paredes.

 

 

          Projeto de banheiro por Ventana Arquitetura - Vidrotil Mosaicos

 

Você pode optar por usar as pastilhas numa parede em destaque, apenas numa faixa ou até mesmo num detalhe. Se você não quer quebradeira, sujeira e barulho na hora de reformar sua casa, existem atualmente pastilhas autocolantes, com instalação simples e com resultados muito parecidos com os modelos disponíveis no mercado.

 

 

          Casacor Alagoas - Projeto Suzana Araujo

 

Mesmo que haja uma forte tendência ao uso de grandes formatos, revestimentos tridimensionais e tantos outros modelos, as pastilhas sempre chamarão a atenção pelas suas formas, compondo ambientes descontraídos, leves e versáteis, cheios de originalidade, impacto e beleza.

 

 

          Piscina revestida com pastilhas Jatobá - Laura Paes Arquitetura

 

 

Cozinha revestida com pastilhas Colormix - Bel Urtiga Arquiteta

 

 

          Casacor RS 2017 - Lavabo Le Male Terrible por Edgar Rochell Interiores - Mosaicos Colormix

 

Acompanhe sempre as outras matérias disponíveis aqui no site.

Curta nossa página no facebook www.facebook.com/revestincena

Siga o instagram @revestincena

  Pag 1/60