destaque destaque destaque
Contato

 

Maneiras de utilizar plantas e flores em casa e soluções sustentáveis é a inspiração que os 19 profissionais entre paisagistas, arquitetos, decoradores e designer de interiores, tiveram para a criação de seus ambientes na Mostra de Paisagismo da EXPOFLORA 2017 que acontece em Holambra - SP, no período de 25 de agosto à 24 de setembro deste ano. 

 

 

Da garagem ao quintal, passando por varandas, jardins, quartos, spas, ateliês, espaço gourmet, home cinema e dormitório, a Mostra traz ideias muito interessantes, a maioria deles com reaproveitamento de materiais e mobiliário ecologicamente correto. 

 

          Pastilhas de madeira reaproveitáveis - Quarto do Casal - arquiteta Fernanda Quelhas

 

O desafio para os profissionais foi a criação de projetos que contemplem sugestões simples para o uso de flores e plantas ornamentais adequadas a cada ambiente, deixando os espaços mais confortáveis, alegres e bonitos. A coordenação da Mostra é da arquiteta Karina Taccola, de Holambra.

O Revest In Cena destaca para você, alguns ambientes para sua inspiração.

 

O engenheiro agrônomo e paisagista Mauro Contesini, projetou o espaço de 120 m², Terraço Garden (ambiente 04), que traz o conceito para uma interação entre as pessoas com a natureza. Um terraço para descanso, brincar ou receber amigos com a ideia de um paisagismo acessível à todos. Entre plantas como a minilantana, platycodon, cactos, suculentas e orquídeas, o terraço exibe ao fundo uma parede de tijolo vazado favorecendo a ventilação e luminosidade. 

 

 

Na lateral há uma grande parede de seixos rolados que recebeu prateleira de madeira de demolição (deck de navio) decorada com várias plantas pequenas.

 

 

A mesa esculpida em madeira se destaca sobre o piso drenante - Denaltec, que compõe o espaço. 

 

 

Um conceito paisagístico com apelo ambiental e sustentável, é a proposta da Horta, (ambiente 06), assinado pelos arquitetos urbanistas e paisagistas Dirceu Daieira e Fernanda Souza Leme.

 

 

Unir design com sustentabilidade e reforçar a ideia do ambientalmente correto, os profissionais utilizaram pneus retirados de um aterro sanitário, transformando-os em canteiros e elementos paisagísticos. Neles foram plantadas diferentes tipos de hortaliças. 

 

 

O piso atérmico utilizado na área externa, não absorve o calor sob o sol e criam um ar descontraído ao ambiente.

 

 

Mesas de trabalho em salas para reunião e espaços de convivência, é a ideia do designer de interiores Allan Oliveira para o Coworking (ambiente 10), projetado com fundamentos de sustentabilidade e bem estar. 

 

 

Os quadros de musgo estabilizado, parecem brotar da parede executada em tijolos artesanais sustentáveis da Olaria São Luis. Madeira de reflorestamento foi utilizada na confecção do mobiliário, como a escrivaninha de design remetendo as antigas carteiras escolares. 

 

 

Fechando o espaço, o aparador de musgo sob uma parede de tijolos de isopor recebe um tapete de pedriscos e suculentas. Destaque para os quadros e porta retratos das "Monagatas", que parecem vigiar o jardim.

 

 

Coberto de junco, o pergolado feito de madeira de reflorestamento, cobre parte do espaço Refúgio da Família (ambiente 12), assinado pelo paisagista Luciano Simões. O conceito é trazer tranquilidade em cada espaço, em cada momento.

 

 

Demarcando o caminho, o piso de tijolo divide espaço com os canteiros de guaimbês e maria-sem-vergonha. O barulho da água, vinda das duas fontes elaboradas com vasos, dão ainda mais aconchego ao ambiente, um convite ao relaxamento.

 

 

O jardim vertical feito com os módulos cerâmicos Garden Wall, traz samambaias, peperômias, asplênios num design que permite aos antúrios vermelhos formarem um coração iluminado pelo véu-de-noiva, cujas florzinhas brancas parecem cintilar como minúsculas estrelinhas. 

 

 

Tudo na mais perfeita harmonia, este é o Jardim da Família (ambiente 13), projeto do paisagista Sandro Sander para a Mostra. A Proposta vai do ambiente desértico ao tropical, de um lado despontam suculentas entre os cactos mandacarus e os de cerâmica, do outro a fonte e o espelho d'água refrescam os alegres kalanchoes de cores quentes, (laranja, vermelho e amarelo) que contrastam com a predominância do verde em seus vários tons e texturas. 

 

 

 

Delimitando o jardim, o paisagista optou por utilizar blocos de tijolos que formam caminhos delineados por luminárias baixas, até as áreas de descanso. 

 

 

Vasos vietnamitas e de cerâmica da Indonésia completam com muito estilo e requinte a Adega Gourmet (ambiente 14), projeto que leva a assinatura do designer de interiores Glauber Françoso e do técnico em edificações Adriano Brandão.

Muito bem elaborado, o balcão / bar de granito Ji-paraná do Rei das Pedras, traz cuba esculpida com chopeira para servir os amigos que se acomodam nas cadeiras baixas de encosto de palha. 

 

 

O paisagismo integrado ao ambiente é rico em folhagens de texturas e cores diversas, com elementos inspirados nas vinícolas do sul do Brasil. Entre o mobiliário do artista plástico Flávio Motta e quadros do artista plástico J. Mangabeira, destacamos

o revestimento em efeito 3D e o piso de dormentes, ambos fabricados pela Scirocco Artefato de Cimento. 

 

 

Outro destaque é o piso atérmico que foi intercalado co m decks de madeira, criando uma paginação xadrez, dando toques de rusticidade na medida certa.

 

 

Acompanhe sempre as outras matérias disponíveis aqui no portal Revest In Cena.

 

Curta nossa página no facebook www.facebook.com/revestincena

 

Siga o instagram @revestincena

  Pag 1/53